21/05/2019

5 maneiras práticas para se livrar do frio e deixar a casa aquecida

O inverno começará, oficialmente, no dia 21/06. Mas o frio já está com tudo desde o finalzinho de abril, e a previsão do tempo é de mais temperaturas baixas vindo por aí!
Por isso, separamos dicas simples mas que podem tornar os ambientes do seu lar bem mais quentinhos:

Dica # 1: fechar as portas dos quartos e banheiros

O próprio corpo humano é uma importante fonte de calor para os ambientes! Por isso, quanto menor o cômodo que estiver, mais quente ele ficará devido à presença de pessoas. Quando estiver em casa, deixe as portas dos quartos, banheiros, e da cozinha (caso não seja do tipo “americana”). Assim, você concentra o calor produzido pelo próprio corpo nos ambientes!

Dica #2: vedar possíveis entradas de ar

Sabe aquelas frestinhas das janelas ou o vão que existe entre as portas e o chão? Esses espaços são caminho certo para o ar frio entrar na sua casa. Você pode vedar esses espaços com fita adesiva, rodinhos de porta, aquelas “cobrinhas” que possuem areia dentro, ou até com pano de chão, como alternativa.

Dica #3: cobrir o piso frio

Pisos de cerâmica e porcelanato costumam deixar o ambiente mais refrescado nos climas quentes mas, quando chega o frio, podem fazer com que os ambientes fiquem bem gelados. A dica, então, é cobri-los com algum material: além dos tradicionais tapetes, você pode optar por forrar o chão de certos cômodos com EVA. No quarto das crianças, por exemplo, pode dar um toque colorido, divertido e o melhor: todo aquecido!

Dica #4: ventilador de teto

Pode parecer estranho, mas o ventilador de teto pode ajudar a aquecer os ambientes! Funciona mais ou menos assim: o ar quente costuma subir (por ter uma densidade menor), enquanto o ar frio fica pra baixo. Usando o ventilador de teto numa velocidade baixa, apontando o ar para baixo, você faz com que o ar quente (que está em cima) vá para baixo, ajudando a esquentar o ambiente!

Dica #5: tipos de lâmpadas

Você sabia que as lâmpadas têm diferentes temperaturas? Pois é! Quando você for comprar uma lâmpada, observe os números que vêm na escala de Kelvin. As lâmpadas podem variar de 6500K a 3000K – quanto menor o número, mais quente ela tornará o ambiente (e será mais amarelada, dando mais conforto aos olhos que as lâmpadas de coloração branca/azulada).

Lembrou de alguma dica que não colocamos aqui? Conta pra gente nos comentários!

Pra você continuar lendo: