24/09/2015

Saiba quais são os principais pontos de Jundiaí para caminhar

Iniciativa da Santa Angela visa comemorar a Semana do Trânsito incentivando conhecer a cidade a pé.

Nesta terça-feira foi comemorado o Dia Mundial Sem Carro, e nesta quinta o Dia do Trânsito. Para comemorar as datas, sugerimos aproveitar a cidade a pé, perceber como ela é quando se está no papel de pedestre e caminhar vendo as belezas que temos por aqui! Conheça alguns lugares bem legais para aproveitar.

Parque da Cidade – Desde 2004 o local é um dos cartões-postais da cidade e reúne jundiaienses e turistas. Caminhar no Parque é uma tarefa que pode ser feita com tempo, para percorrê-lo ao todo enquanto se aprecia a natureza e a represa. Quem escolher caminhar no horário do pôr do sol não vai se arrepender!

Jardim Botânico – Quem caminha no Jardim Botânico conta com a tranquilidade da natureza próxima a diversos pontos importantes da cidade. Lá é possível observar plantas exóticas, trilhas jardins temáticos e cascatas.

Bolão – A pista do Complexo Esportivo Dr. Nicolino de Lucca atrai muitos jundiaienses que gostam de caminhar e correr em uma boa estrutura. O local atrai bastante gente, especialmente nos dias de calor, que aproveitam também para praticar ginástica ao ar livre, natação e esportes nas quadras poliesportivas.

Centros Esportivos – Como o Romão de Souza, na Colônia, e o Dal Santo, são opções para caminhar e praticar outros esportes. Além disso, quem já for caminhando até o local pode conhecer mais o bairro. Confira a lista de todos os complexos esportivos e educacionais de Jundiaí.

No bairro Eloy Chaves há trechos como na estrada-parque Luiz José Sereno, ótima para quem quer curtir a Serra do Japi em uma área para uso do homem, porém preservada.

Avenida Nove de Julho – Quem não deixa a agitação de lado nem na hora de caminhar pode aproveitar as largas calçadas da Avenida Nove de Julho. Neste ponto da cidade, é possível observar a movimentação bem característica do centro urbano e a paisagem entre os edifícios.

Avenida Samuel Martins é um bom local para quem não quer sair do centro urbano, mas ao mesmo tempo pode contar com a beleza de muitas árvores em uma avenida praticamente toda reta.

Quem pretende caminhar para observar Jundiaí com calma pode passar pelo centro da cidade no final da tarde. Apesar de muitas subidas e ruas estreitas, vale a pena dar uma olha na Igreja da Matriz, Teatro Polytheama, as ruas Rosário e Barão e muito mais!

Vamos juntos construir uma rota de caminhada de Jundiaí indicando os principais pontos da cidade? Conta pra gente onde você costuma caminhar ou correr!

Pra você continuar lendo: