24/05/2018

Indústria Jundiaiense registra números positivos entre janeiro e abril

Os números mais recentes sobre criação de empregos, em Jundiaí, comprovam que a retomada econômica já tem efeitos positivos para a cidade: entre os meses de janeiro e abril de 2018, o saldo de geração de empregos ficou positivo, atingindo a marca de 660 empregos criados desde o começo do ano (foram 20.860 admissões contra 20.200 demissões).
Apenas no setor do comércio, o saldo foi de 191 vagas criadas. Assim como a retomada econômica, datas comemorativas, como o Dia das Mães, também foram responsáveis pelos bons números do setor em Jundiaí. Segundo Edison Maltoni, presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Jundiaí (CDL), “A abertura de vagas reforça esse período e representa que o empresário está mais confiante em relação ao cenário econômico do País”.

Indústria paulista
O saldo acumulado em todo o estado de São Paulo também gera otimismo, tanto para investidores quanto para a população: a variação de criação de empregos atingiu, em abril, a marca de 32 mil novas vagas, segundo dados da pesquisa Nível de Emprego do Estado divulgados pela Federação e Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).
No geral, o setores com mais destaque foram o de produtos alimentícios (5.817 novas contratações); petróleo e biocombustíveis (1.435); produtos de metal (1.397); e veículos automotores, reboques e carroceria (810).

Resultados no país
Os números de Jundiaí e de toda a indústria paulista acompanham o desempenho geral da nação que, segundo números do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), registrou a criação de 336.855 vagas formais entre janeiro e abril de 2018.

Novas indústrias em Jundiaí
No mês de março, segundo informações disponibilizadas pela Unidade de Gestão de Governo e Finanças, foram registradas 12 novas indústrias na cidade, o que representa um aumento de 20% se comparado com o mesmo período de 2016.

Pra você continuar lendo: