Santa Angela Construtora
Santa Angela Construtora

5 coisas que você precisa saber sobre a cidade de Americana

Tudo sobre a cidade com um dos melhores IDH’s do Brasil!
Fundada em 27 de Agosto de 1875, a cidade de Americana está localizada na Região Metropolitana de Campinas. Famoso por seu índice de qualidade de vida, o município abriga histórias que datam do século XIX e justificam sua situação atual. Mas você sabe de onde vem nome de Americana? Como foi povoada e como se desenvolveu? Confira essas e outras curiosidades!

1. Por que o nome de “Americana”?
Não é coincidência. O nome da cidade remete à história de sua fundação. Depois da guerra civil estado unidense, também conhecida como guerra da secessão, ocorreu um um fluxo migratório para cá. Esses imigrantes trouxeram técnicas agrícolas e até hoje existem comemorações temáticas da cultura norte americana na região. Na década de 1970, Jimmy Carter, o então presidente dos Estados Unidos, visitou o Cemitério do Campo em Santa Bárbara d’Oeste, onde jazem os guerrilheiros dos estados sulistas na guerra civil. Em 1900, a vila que rodeava a estação ferroviária, grande marco histórico da cidade, foi chamada de “Vila dos Americanos”.

americana
A Festa Confederada


2. Princesa tecelã
A atualmente falida fábrica de tecidos “Carioba” foi fundada pelos imigrantes americanos, experientes no cultivo do algodão. Já próspero no início do século XX, o negócio atraiu a atenção do comendador alemão Franz Müller, que arrematou a empresa em um leilão. A partir daí, a indústria têxtil começou a ganhar ênfase no município. Embora a concorrência chinesa tenha enfraquecido a atividade, ainda hoje é uma das principais fontes de renda de Americana.

americana
A fábrica de tecidos Carioba


3. Como a vila se tornou cidade?
Depois de diversas brigas judiciais entre Campinas e Santa Bárbara D’Oeste, o governo do estado de São Paulo cria em 1904 o Distrito de Paz de Villa Americana, dentro de Campinas. Essa elevação da vila para distrito, somado à criação de uma subprefeitura e o constante desenvolvimento da indústria têxtil, possibilitaram a emancipação. Em 1924, Villa Americana foi reconhecida como município.

americana
A Villa de Americana


4. Americana e italiana!
Além dos americanos, assim como no resto do estado, a cidade abrigou diversas famílias italianas. Entre 1870 e 1960 houve um fluxo migratório para o Brasil decorrente do caos político e do crescimento da população naquele país. Segundo o site da própria prefeitura de Americana, esses imigrantes trouxeram consigo suas técnicas, sua arte, seus usos e costumes, até hoje enraízados na cultura da cidade.

americana
A imigração italiana no Brasil


5. Crescimento e qualidade de vida
Atualmente, Americana conta com um IDH de 0,840. É a 19ª cidade mais desenvolvida nesse aspecto e lidera o Índice de Bem-Estar Urbano. O que torna a cidade referência nesse último parâmetro é a boa pontuação em fatores como “atendimento de serviços coletivos urbanos”, “mobilidade urbana” e “condições ambientais urbanas”. Lá, existem diversos parques, bosques e represas, bem como inúmeras atrações culturais. Você pode conhecer todos os pontos turísticos na matéria “O que fazer em Americana”. O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) médio entre as escolas públicas de Americana era, já no ano de 2012, acima da média brasileira. A saúde e a segurança também são pontos fortes da cidade.

americana
Americana atualmente


Um bom lugar para viver
Com sua tradição fabril e tradições herdadas dos imigrantes, a cidade é palco histórico de importantes movimentos ocorridos entre os séculos XIX e XX. Até por conta desse modelo de povoamento, Americana está bem colocada no ranking do PIB e IDH brasileiro. Mais do que um importante polo da industrial têxtil, o orgulho e motivação dos habitantes está na qualidade de vida. Mesmo com os altos padrões, os americanenses são extremamente preocupados com o desenvolvimento da cidade e cobram ainda mais de sua prefeitura. Que cidade!

 

Fontes:

PREFEITURA DE AMERICANA Resumo histórico. Disponível em: <http://www.americana.sp.gov.br/v6/americanaV6_index.php?it=40&a=resumoHistorico>. Acesso em: 31 julho 2017.

G1. Cidade de Americana (SP) é fortemente influenciada pelos Estados Unidos. Disponível em: <http://g1.globo.com/sao-paulo/bom-dia-sp/videos/t/edicoes/v/cidade-de-americana-sp-e-fortemente-influenciada-pelos-estados-unidos/5710314/>. Acesso em: 31 julho 2017.

SAMPAIO, Lucas. Americana (SP) lidera ranking nacional de bem-estar. Disponível em: <http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2013/08/1329660-americana-sp-lidera-ranking-nacional-de-bem-estar.shtml>. Acesso em: 31 julho 2017.

PNUD. Ranking IDHM Municípios 2010. Disponível em: <http://www.br.undp.org/content/brazil/pt/home/idh0/rankings/idhm-municipios-2010.html>. Acesso em: 31 julho 2017.


Última notícia

Mais lida

Você também vai gostar de:

Central de vendas ▾

Santa Angela Construtora Envie

um e-mail

Santa Angela Construtora Ligue

11 4497-0801

Whatsapp

11 9 7300-2300

Santa Angela Construtora Deixe

seu número